Estudo da Universum mostra que jovens talentos priorizam segurança do emprego diante da incerteza

ESTOCOLMO, Suécia, 7 de enero de 2022 /PRNewswire/ — A classificação dos Empregadores Mais Atraentes do Mundo de 2021 mostra que…

ESTOCOLMO, Suécia, 7 de enero de 2022 /PRNewswire/ — A classificação dos Empregadores Mais Atraentes do Mundo de 2021 mostra que os estudantes ainda priorizam ganhos futuros elevados acima de todos os outros atributos do empregador. Porém, a importância de encontrar estabilidade de emprego aumentou de forma acentuada para os jovens talentos, saltando em até quatro pontos na classificação para estudantes de engenharia.

WMAE 2021 - emblem

«Voltar-se para a segurança é típico durante uma recessão econômica, assim como fugir de empresas empreendedoras de maior risco», explica Richard Mosely, estrategista-chefe da Universum. «Provavelmente, é por isso que empresas inovadoras mais estabelecidas, com um histórico comprovado de sucesso, como a Amazon e a IBM ficaram no topo da classificação.» 

A Universum, líder global em employer branding, entrevistou mais de 221.800 estudantes de cursos relacionados a negócios, engenharia e TI das dez maiores economias, entre setembro de 2020 e maio de 2021. A pesquisa abrangente perguntou aos estudantes quais características do empregador têm mais influência ao considerarem empregos futuros e quais marcas de empregadores eles mais admiram.

Os jovens estão mudando suas prioridades pessoais e de carreira: A pandemia levou os estudantes a reavaliar o que querem de um empregador e de uma carreira; será que setores com longas e exaustivas horas de trabalho terão de fazer ajustes?

Para os jovens talentos, uma carreira mais acomodada parece mais favorável: Com as fronteiras fechadas e a mobilidade internacional significativamente mais difícil e incerta, os estudantes demonstram pouco interesse por empresas estrangeiras e carreiras multinacionais.

Formas de trabalho virtuais podem prejudicar funcionários mais jovens: As formas de trabalho virtuais e híbridas chegaram para ficar, mas os líderes de talentos devem tomar cuidado para não adotar uma abordagem «tamanho único», principalmente com os jovens talentos, que veem muitas desvantagens potenciais em formas de trabalho virtuais.

Mats Röjdmark, CEO da Universum, acredita que as novas descobertas ajudarão a orientar os líderes de talentos que possam estar relutantes. «Há uma enorme pressão sobre os líderes de talentos atualmente para separar o que são reações de curto prazo à COVID-19 das mudanças de longo prazo nos fundamentos do local de trabalho», disse Röjdmark. «Obter dados de estudantes de cursos relacionados a negócios, engenharia e TI é fundamental para os líderes de talentos à medida que negociam um caminho certo em 2022.»

Para obter o relatório completo e a classificação: https://bit.ly/3zWPPRJ

Sobre a Universum 

A Universum é uma agência de employer branding orientada por dados e informações. Fundada em Estocolmo, hoje atuamos em mais de 60 países, com centrais importantes em Paris, Berlim, Londres, Nova York, Singapura e Xangai. 

Logotipo – https://www.festivatvmagazine.com/wp-content/uploads/2022/01/estudo-da-universum-mostra-que-jovens-talentos-priorizam-seguranca-do-emprego-diante-da-incerteza-1.jpg

Contatos para a imprensa: 

Jonas Barck 

Universum 

+4670693388

jonas.barck@universumglobal.com

FUENTE Universum